PARCEIROS
Home Parceiros ACT do Itaú sobre Covid-19: Trabalhadores vão deliberar proposta em assembleia on-line

ACT do Itaú sobre Covid-19: Trabalhadores vão deliberar proposta em assembleia on-line

19/05/2020 - 10:17

Será realizado nos dias 21 e 22, (quinta e sexta-feira) das 8hs às 18hs neste site (www.bancariosgo.org.br), assembleia on-line para que os trabalhadores do banco Itaú possam deliberar a aprovação ou rejeição do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), relacionado à medidas de prevenção ao coronavírus (Covid-19). Veja a proposta da empresa com relação as medidas de prevenção à Covid-19 CLIQUE AQUI. A participação de todos é de muita importância, tendo em vista que é através deste documento que medidas importantes serão tomadas para a proteção da saúde de todos os trabalhadores do Itaú.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Ficam convocados os empregados do GRUPO ITAU-UNIBANCO [BANCO ITAU-UNIBANCO S/A [FINANCEIRA ITAU CBD S.A. - CREDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO, ITAÚ UNIBANCO S.A., ITAÚ UNIBANCO HOLDING S/A, BANCO ITAÚ BBA S.A., BANCO ITAUCARD S.A., BANCO ITAÚ CONSIGNADO S.A, LUIZACRED S.A. SOCIEDADE DE CREDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO, MICROINVEST S/A SOCIEDADE DE CREDITO A MICROEMPREENDEDOR] lotados nas unidades da base territorial deste Sindicato, para participarem da Assembleia a ser realizada nos dias 21 e 22.05.2020 (quinta e sexta-feira) no site oficial do Sindicato dos Bancários no Estado de Goiás (www.bancariosgo.org.br) e também em forma de consulta nos locais de trabalho, no horário 08hs às 18hs, com qualquer nº de participantes, para deliberarem sobre a assinatura ou não do Acordo Coletivo de Trabalho visando: I- COVID-19; II- Regularizar os abonos das faltas de março e abril e questões relativas ao Teletrabalho; III- Férias; IV- Compensação de jornada e outras providencias adotadas em decorrência do novo coronavirus (Covid – 19).

Goiânia (GO), 19 de maio de 2020.

Sergio Luiz da Costa
Presidente do Sindicato dos Bancários de Goiás

Fonte: www.bancariosgo.org.br

COMENTÁRIOS: Os comentários representam a opinião de seus autores, e não da União Geral dos Trabalhadores.