NOTÍCIAS
Home Notícias Goiás Prefeitura de Goiânia altera o horário de abertura de clínicas e escritórios; veja mudanças

Prefeitura de Goiânia altera o horário de abertura de clínicas e escritórios; veja mudanças

Escalonamento é obrigatório e tem objetivo de evitar superlotação no transporte público. Alterações já estão em vigor.

A Prefeitura de Goiânia publicou, nesta quinta-feira (21), um novo decreto com alterações no escalamento obrigatório do horário de abertura do comércio, indústrias e serviços. Entre as mudanças está que clínicas e consultórios médicos, de psiquiatria, psicologia, odontologia e demais profissionais liberais da área de Saúde poderão abrir no horário normal de funcionamento.

O escalonamento visa evitar a superlotação e aglomeração de pessoas no transporte público. As novas regras já estão em vigor.

No novo documento, a administração municipal incluiu a categoria das envasadoras de gás no horário normal de funcionamento. Este segmento não estava prevista no texto anterior do escalonamento, publicado em 18 de maio.

O decreto também trouxe mudança nos horários de abertura para os profissionais liberais, que passam a abrir os escritórios às 8h30, e as empresas de desinsetização e controle de pragas urbanas, que começam a abrir às 7h30.

Confira como fica o horário de abertura de cada segmento:

6 horas

Laboratórios de análises clínicas e clínicas de vacinação
Postos de combustíveis
Supermercados e mercearias
Hortifrutigranjeiros
Padarias e panificadoras
Empórios
Drogarias

6h30

Estabelecimentos industriais de fornecimento de insumos/produtos essenciais à manutenção da saúde ou da vida humana e animal, tais como os que produzem medicamentos, materiais hospitalares, alimentos, produtos de higiene e limpeza, gás de cozinha e combustíveis
Empregados domésticos e diaristas, 6h30, 8h30 ou a partir das 10h30
Profissionais de limpeza e manutenção predial, ou 6h30, 8h30 ou a partir das 10h30

7h

Oficinas mecânicas de veículos e motos; incluídas aquelas localizadas em concessionárias
Autopeças e moto peças
Borracharias
Obras de construção civil

7h30

Indústria de insumos para obras da construção civil
Indústria de extração mineral
Empresas de desinsetização e controle de pragas urbanas
8h30

Oficinas mecânicas destinadas ao setor agropecuário
Lojas de insumos do setor agropecuário
Lojas de produtos veterinários destinados ao setor agropecuário
Escritórios de profissionais liberais

9h

Farmácias de manipulação
Lojas de produtos agropecuários
Lojas de peças do setor agropecuário
Empresas de vistoria veicular
Serviços de internet
Distribuidoras de água
Distribuidoras e revendedoras de gás

9h30

Lojas de máquinas/implementos agropecuários
Depósitos de materiais de construção
Ferragistas e lojas de materiais elétricos/hidráulicos
Lojas de locação de máquinas/equipamentos para a construção civil
Lojas de pneus
Estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços e prestadores de serviços ou similares não mencionados no decreto e que estejam autorizados a funcionar por meio do sistema de entrega.

10h

Óticas
Petshops
Cartórios extrajudiciais
E-commerces
Concessionárias de veículos e motos, excetuadas suas oficinas mecânicas

11h

Lava jatos
Salões de beleza e barbearias
Lavanderias

Horários normais de funcionamento e expediente, mas apenas para entrega:

Restaurantes
Cafés
Lanchonetes
Bancas de jornais e revistas

Horários normais de funcionamento

Prestação de serviços de assistência técnica à rede de saúde pública e privada
Clínicas e consultórios médicos
Clínicas e consultórios de psiquiatria e psicologia
Clínicas e consultórios odontológicos
Clínicas e consultórios dos demais profissionais liberais da área de saúde
Envasadoras de gás
Templos religiosos e congêneres
Jornais e emissoras de rádio e TV
Hospitais em geral
Clínicas e hospitais veterinários
Restaurantes e lanchonetes em postos de combustíveis situados às margens de rodovias
Empresas de energia elétrica, saneamento, telecomunicação
Empresas de segurança privada
Agências bancárias e agências lotéricas
Feiras livres
Atividades de transporte
Indústrias que estejam produzindo equipamentos e insumos para auxílio no combate à pandemia da Covid-19
Cemitérios e serviços funerários
Call Centers (geral) e serviços de internet
Estabelecimentos de ensino privado
Hotelaria e congêneres e atividades de assistência social
Prestação de serviços vinculados a reparos emergenciais, como chaveiro, encanador e eletricista

Fonte: G1 Goiás / 21/05/2020 18h10

COMENTÁRIOS: Os comentários representam a opinião de seus autores, e não da União Geral dos Trabalhadores.