NOTÍCIAS
Home Notícias Goiás Goiânia e Aparecida de Goiânia começam a fazer testagem rápida para coronavírus na população

Goiânia e Aparecida de Goiânia começam a fazer testagem rápida para coronavírus na população

Objetivo é determinar como o vírus está circulando pelas cidades. Escolha das pessoas que serão testadas será por sorteio.

08/05/2020

As prefeitura de Goiânia e Aparecida de Goiânia começam a fazer testes rápidos para detectar o coronavírus na população. Também serão aplicados questionários para ajudar na análise de estatísticas de casos e também entender como o vírus está se espalhando pelas cidades. A escolha das pessoas que serão testadas será por sorteio.

Em Aparecida de Goiânia, a aplicação dos 1,2 mil testes começa nesta sexta-feira (8). Já a capital pretende testar 5,6 mil pessoas no sábado (9). Alunos da Universidade Federal de Goiás (UFG) também vão ajudar em todo processo. A participação dos moradores é voluntária.

O último boletim da Secretaria Estadual de Saúde aponta que o estado já tem 1.024 casos confirmados e 44 mortes. Aparecida de Goiânia tem três mortes e 71 casos. Já a capital registrou 21 óbitos pela Covid-19 e totaliza 547 casos.

O teste é feito com uma pequena amostra de sangue e o resultado sai em 15 minutos. Ele não detecta o vírus, e sim os anticorpos produzidos após o organismo ter contato com o coronavírus. Isso quer dizer que nem todos os que testarem positivo estão doentes, pois podem apenas ter tido o contato, mas o quadro não evoluiu. Porém, eles serão monitorados pelas secretarias de Saúde.

Em Goiânia, o objetivo é aplicar 22,4 mil testes. Eles serão divididos em quatro etapas, feitas a cada 15 dias. “As outras etapas vão nos dar uma ideia de como está a disseminação da doença no nosso município, nos dando uma ideia melhor de leitos hospitalares, de previsão de novas infecções e até mesmo de uma possível flexibilização do isolamento social”, disse o Superintendente de Vigilância em Saúde, Yves Mauro Ternes.

Em Aparecida de Goiânia, a aplicação estava prevista para começar na quinta-feira (7), mas foi adiada devido ao treinamento das equipes. O município ainda não tem a quantidade de doses que serão aplicadas nas próximas etapas.

Segundo a prefeitura da cidade, os resultados dos testes servirão para alterar ou não as medidas que permitiram a reabertura de 80% do comércio.

Fonte: G1 Goiás.

COMENTÁRIOS: Os comentários representam a opinião de seus autores, e não da União Geral dos Trabalhadores.