NOTÍCIAS
Home Notícias ECONOMIA Dólar passa a subir à espera de reunião do BC dos EUA

Dólar passa a subir à espera de reunião do BC dos EUA

Moeda norte-americana encerrou o dia com valorização de 0,71%, a R$ 4,8882.

10/06/2020

Após um início em queda, o dólar volta a subir nesta quarta-feira (10), antes da decisão de política monetária do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, que pode esclarecer a visão do órgão sobre o ritmo de recuperação da economia.

Às 11h18, a moeda norte-americana subia 0,21%, a R$ 4,8986.

Na terça-feira, o dólar encerrou o dia com valorização de 0,71%, a R$ 4,8882. No mês, a moeda tem queda de 8,40%, mas no ano a alta acumulada está em 21,91%.

Cenário externo e interno

O foco dos mercados nesta quarta se volta para o Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos). Não se esperam grandes mudanças nas medidas atuais, mas investidores vão analisar com lupa avaliações dos membros do BC norte-americano sobre a atividade econômica.

Os investidores também procurarão pistas sobre as medidas de controle da curva de juros em meio a uma recente alta nos rendimentos dos títulos da dívida do EUA. As projeções e o comunicado de política monetária do Fed serão divulgados às 15h (horário de Brasília).

No cenário doméstico, permaneceram as incertezas sobre a perspectivas de recuperação da economia, em meio ao número ainda alto de novos casos diários da Covid-19 e tensões políticas.

Nesta semana, os economistas do mercado financeiro reduziram novamente a previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, conforme boletim “Focus” do Banco Central. A projeção passou de uma queda de 6,25% para um tombo de 6,48%.

Já a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) estima uma contração de pelo menos 7,4% para o PIB do Brasil neste ano, podendo chegar a um tombo de 9,1% em caso de segunda onda da pandemia e necessidade de regresso aos confinamentos.

A projeção do mercado brasileiro para a taxa de câmbio no fim de 2020 ficou estável em R$ 5,40, de acordo com o boletim Focus. Para o fechamento de 2021, permaneceu em R$ 5,08 por dólar.

Fonte: G1

COMENTÁRIOS: Os comentários representam a opinião de seus autores, e não da União Geral dos Trabalhadores.