NOTÍCIAS
Home Notícias ECONOMIA Caixa pagará primeira parcela do auxílio emergencial para 405 mil no sábado

Caixa pagará primeira parcela do auxílio emergencial para 405 mil no sábado

Com mais esse grupo de pagamentos, o total de brasileiros contemplados pelo auxílio emergencial vai chegar a 50,2 milhões de beneficiados

15/05/2020

Além de anunciar o calendário de pagamentos da segunda parcela do auxílio emergencial, a Caixa Econômica Federal (CEF) está se preparando para pagar a primeira parcela dos R$ 600 para mais um grupo de brasileiros. Ao todo, 405.163 brasileiros vão receber o benefício neste sábado (16/05).

“A CAIXA disponibilizará R$ 246 milhões do Auxílio Emergencial do Governo Federal para 405.163 mil pessoas neste sábado (16). O banco recebeu da Dataprev o novo lote de beneficiários nesta quinta-feira (14). No total, serão realizados 311.637 créditos em contas da CAIXA e 93.526 em contas de outros bancos”, informou a Caixa Econômica Federal nesta sexta-feira (15/0).

Ainda de acordo com o banco, quem não tinha conta bancária vai receber o auxílio em uma poupança social digital da Caixa. Esse pessoal pode movimentar os R$ 600 pelo aplicativo Caixa Tem ou sacar o auxílio nas agências da Caixa e nas casas lotéricas.

Com mais esse grupo de pagamentos, o total de brasileiros contemplados pelo auxílio emergencial vai chegar a 50,2 milhões de beneficiados. Já o orçamento da primeira parcela dos R$ 600 chega a R$ 35,7 bilhões.

Espera

O número de brasileiros que estava esperando para entrar nesse grupo de beneficiários, contudo, era muito maior. Segundo a Dataprev, que é a responsável pela análise cadastral de quem pediu o auxílio emergencial no aplicativo da Caixa, 14,7 milhões de cadastros seriam analisados nesta semana.

Procurada, a Dataprev ainda não informou quantos desses cadastros foram aprovados e quantos foram negados. A Caixa também não deu informações sobre novos grupos de pagamento da primeira parcela.

Já o presidente Jair Bolsonaro avisou que cerca de 39 mil cadastros estão sendo reanalisados porque se referem a famílias de penitenciários e o governo não vai liberar o auxílio emergencial para quem já recebe o auxílio reclusão.

O brasileiro que se cadastrou no aplicativo da Caixa para receber os R$ 600 durante a pandemia do novo coronavírus pode, então, acompanhar o processamento do seu pedido pelo aplicativo da Caixa ou pelo site Auxílio Emergencial, que é coordenado pela Dataprev e pelo Ministério da Cidadania.

Fonte: www.correiobraziliense.com.br

COMENTÁRIOS: Os comentários representam a opinião de seus autores, e não da União Geral dos Trabalhadores.