NOTÍCIAS
Home Notícias ECONOMIA Auxílio emergencial: mais 1 milhão recebem 1ª parcela a partir deste sábado

Auxílio emergencial: mais 1 milhão recebem 1ª parcela a partir deste sábado

Cadastros foram aprovados nesta semana e o pagamento começa neste sábado pelo aplicativo da Caixa

26/06/2020

Além de dar início ao pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial para 40,4 milhões de brasileiros, o governo vai pagar, a partir deste sábado (27/6), a primeira parcela do benefício para mais 1,1 milhão de trabalhadores.

De acordo com o Ministério do Cidadania, receberão a primeira parcela dos R$ 600 os brasileiros que pediram o auxílio emergencial no site ou no aplicativo da Caixa entre 27 de maio e 16 de junho e só agora foram aprovados para receber o benefício.

“Estamos pagando mais 1,1 milhão de pessoas pela primeira vez. Recebemos esse novo lote de aprovados da Dataprev na quinta-feira e eles também receberão sua primeira parcela deste sábado até o outro sábado”, acrescentou o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, nesta sexta-feira (29/6).

Guimarães disse ainda que o aplicativo do auxílio emergencial já foi atualizado com os dados desses trabalhadores. Por isso, para saber se teve o cadastro aprovado para receber os R$ 600, basta acessar o app. Será pelo aplicativo, por sinal, que esses brasileiros vão receber os R$ 600

O pagamento será feito entre este sábado e o sábado da semana que vem (4/7). Nesse período, contudo, só será liberado o uso digital dos recursos pelo aplicativo Caixa Tem. Os saques serão permitidos só a partir de 19 de julho, em um calendário escalonado de acordo com a data de nascimento do trabalhador (veja abaixo).

Segunda parcela

Também neste sábado, começa a ser paga a segunda parcela do auxílio emergencial para cerca de 8,7 milhões de brasileiros que até agora só receberam um depósito de R$ 600. São os trabalhadores que pediram o auxílio em abril e foram considerados elegíveis para receber o auxílio só em maio.

Terceira parcela

O calendário da terceira parcela do auxílio emergencial foi divulgado, na noite dessa quinta-feira (25/6), pelo Ministério da Cidadania e também começa neste sábado. Por isso, mais de 40 milhões de trabalhadores vão receber os R$ 600 nos próximos sete dias. A transferência de renda será de R$ 25,9 bilhões, segundo a Caixa.

Como já aconteceu na segunda parcela, esses trabalhadores também vão receber os recursos primeiro na conta digital da Caixa e só depois de alguns dias poderão fazer o saque em espécie ou a transferência bancária dos R$ 600.

O presidente da Caixa garante que esse método de pagamento foi entendido pelos brasileiros e tem sido efetivo. Segundo ele, as pessoas estão realizando cada vez mais pagamentos de contas e compras em débito pelo aplicativo Caixa Tem com os R$ 600.

E a expectativa é que as compras em débito feitas de forma presencial, nas maquininhas de cartão, cresça a partir deste pagamento, já que o comércio brasileiro está em processo de reabertura.

“Já temos 40% das pessoas utilizando contas digitais para pagar boletos, pagar compras de água, luz; realizar compras na internet ou para realizar compras em mais de três milhões de estabelecimentos comerciais”, disse Guimarães.

Ele acrescentou que, dessa forma, a Caixa pôde fazer a inclusão de cerca de 40 milhões de brasileiros que não tinham conta no banco antes da pandemia do novo coronavírus. E ressaltou que, desta forma, o banco ainda conseguiu evitar a formação de novas filas e aglomerações nas agências bancárias. “Há dois meses não temos filas nas agências”, pontuou.

Entenda como será o pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial:
Os depósitos na conta social da Caixa serão realizados nas seguintes datas:

27 de junho (sábado): para os nascidos em janeiro e fevereiro

30 de junho (terça-feira): para os nascidos em março e abril

1º de julho (quarta-feira): para os nascidos em maio e junho

02 de julho (quinta-feira): para os nascidos em julho e agosto

03 de julho (sexta-feira): para os nascidos em setembro e outubro

04 de julho (sábado): para os nascidos em novembro e dezembro

Já os saques e as transferências serão autorizadas nos seguintes dias:

18 de julho (sábado): para os nascidos em janeiro

25 de julho (sábado): para os nascidos em fevereiro

1º de agosto (sábado): para os nascidos em março

08 de agosto (sábado): para os nascidos em abril

15 de agosto (sábado): para os nascidos em maio

29 de agosto (sábado): para os nascidos em junho

1º de setembro (terça-feira): para os nascidos em julho

08 de setembro (terça-feira): para os nascidos em agosto

10 de setembro (quinta-feira): para os nascidos em setembro

12 de setembro (sábado): para os nascidos em outubro

15 de setembro (terça-feira): para os nascidos em novembro

19 de setembro (sábado): para os nascidos em dezembro

Fonte: www.correiobraziliense.com.br

COMENTÁRIOS: Os comentários representam a opinião de seus autores, e não da União Geral dos Trabalhadores.